terça-feira, 11 de março de 2014



















Hoje e só por hoje escrevo o quanto me apetece beijar tuas mãos afagar teus cabelos e amaciar tua pele e só por hoje eternamente escrevo o bem-me-quer que me sinto em ti e as cores arco-íris que se aproveitam de mim enquanto escrevo hoje assim e em momento algum renuncio a este pedaço de tempo que o presente de te ter me deu hoje e só por hoje escrevo meu coração agradece o prazer de conhecer e contemplar tuas estrelas hoje e só por hoje digo… como amo vê-las! 

Sem comentários:

Enviar um comentário